Autor Posts

30 de janeiro de 2016 às 23:04

O tratamento de tdh muitas vezes é  usado medicamento,  muitos casos trazem grandes benefícios. Será  que traz algum efeito colateral?

31 de janeiro de 2016 às 1:01

Se a gente ler bula de remédio, até um paracetamol pode ter efeito colateral…rs.

Minha experiência pessoal, tomo há 7 anos, e nunca tive problema algum

31 de janeiro de 2016 às 12:18

a RITALINA ME AJUDOU MUITO NO INICIO,DAI FOI PARA 20mg la E DEPOIS 10MG la.MAS DAÍ COMEceiA FICAR MAIS AGITADA,PARECIA ESTAR DROGADA:tINHA MIL IDÉIAS  ,exteriorazava tudo o que achava,sendo extremamente incoveniente em alguns casos. Hoje uso donaren 50 mg a noite e alprazolam 2mg a noite e donaren R 150 mg 1|3 ao dia.Mas sem a terapia não estaria melhor,pois começamos a nos enxergar de verdade e tentar corrigir nossos defeitinhos de fabricação. Logo tenho q voltar em minha psiquiatra pois estou com problemas de dicção,quero falar rápido e me enrolo toda.Mas acho bem importante o uso de medicação sob supervisão psiquiatrica.

1 de fevereiro de 2016 às 10:35

Eu sou mãe de um menino de 7 anos,  e medico ele há quase um ano, e a melhora dele foi de uns 80%, ele consegue sentar para comer, brincar sem se machucar, e consegue sentar e se concentrar na escola e já consegue ler um pouco e escrever, coisa que antes do remédio não conseguia. O único efeito colateral que vejo são tiques, que ele já tinha mais aumenta um pouco com o uso da Ritalina, mais o que é um tique, diante de tudo de bom que foi proporcionado a ele depois que foi medicado. Muita gente critica, mais só quem tem um filho TDAH ou tem TDAH sabe o quanto sofre uma pessoa com esse problema. Entendo quem não tome ou dê remedios, mais sou a favor.

1 de fevereiro de 2016 às 16:57

Tenho um filho que toma imipramina, a melhora dele foi notável, não vi até agora nenhum efeito colateral, mas fico apreensiva. Muito bom ler opinião de outras pessoas. Tenho também que reforça que a terapia também faz muita diferença.

2 de fevereiro de 2016 às 1:22

Durante a época que estava desenvolvendo a parte prática do TCC, estava usando dois comprimidos de Ritalina 10mg de uma vez, acompanhado de cerca de três xícaras de café nesse período – 5h. Como eu precisava de raciocínio rápido, acho que foi a dose ideal, mas a sensação é de estar drogado. Nunca usei cocaína, mas já vi conhecidos meus usarem, e a sensação que tive é que meu comportamento ficou igual ao deles quando nesse estado: falastrão, com pouco filtro, inquieto, raciocínio a mil.

Minha psiquiatra disse pra usar 15mg, já que a de 10mg não estava dando efeito positivo – me deixava aéreo. Usei 20mg pra não ter que guardar metade de um comprimido pra usar na próxima vez que ia estudar. Recomendo não tomarem uma dose diferente da que o médico aprovou.

Estou usando 10mg de novo para escrever a monografia, mas, sinceramente, não sinto efeito nenhum. Não quero usar 20mg por agora por conta desse efeito “trincado” que dá.

2 de fevereiro de 2016 às 10:07

Juliana, seu filho é TDAH ?
Meu filho tem Aspenger e o neuro me passou a imipramina para ele, mas não comecei ainda, estou com falta de informações sobre o medicamento e os beneficios.

  • Esta resposta foi modificada 1 ano, 9 meses atrás por Foto de perfil de Ohanna Duarte Ohanna Duarte.

2 de fevereiro de 2016 às 17:45

VK, olha só eu não sou médica, mas trabalho indiretamente com alguns, e, o que eu ouço é que menos de 20 mg, não faz efeito em adulto, é dose só para começar mesmo.

A ritalina de longa duração, ou venvance ou concerta, que também são de longa duração, tendem a dar menos efeito rebote.

Nunca ouvi falar em ritalina dar sono….kkkkk desculpa, mas achei curioso.

Mas a verdade é que, qualquer medicamento, pode sim reagir diferente de pessoa para pessoa.

Todo mundo que eu conheço, inclusive eu, fica chapado com rivotril, a minha sogra fica ligada…kkk, vai entender

2 de fevereiro de 2016 às 18:22

Alice Lidell, o sono que me deu tomando Ritalina 10mg foi só nas primeiras duas vezes que usei. Foi justamente esse efeito rebote. A psiquiatra já tinha dito que isso poderia ocorrer.

Hoje não sinto nenhum efeito aparente com Ritalina 10mg, mas, como falei, 20mg me dá um efeito muito chato parecido com o relatado pela Déa Setti. E pior que nem rola usar o Venvanse ou a Ritalina LA agora porque são muito caros.

3 de fevereiro de 2016 às 10:29

Também senti sono ao usar a Ritalina 10 mg, e uma dor de cabeça insuportavél.

Fiquei assim por 2 semanas. Depois comecei a tomar venvanse e minha vida melhorou demais. Terminei meu TCC, comecei a trabalhar enfim… Outra vida!

A unica coisa que me incomoda bastante é a falta de apetite que sinto após tomar a medicação, perdi 4kg e parece que não paro de perder peso.

Acontece a mesma coisa com alguém ai que também toma Venvanse?

 

grata!

 

 

4 de fevereiro de 2016 às 15:45

Já tomei a Ritalina de comprimido de 10 mg e me deu uma dor de cabeça terrível também  e não deu nenhum efeito positivo.

Quando tomei a Ritalina LA de 20 mg melhorou um pouco minha atenção me tirou o sono excessivo que tinha  e parecia que tinha colocado um ouvido de cachorro minha atenção melhorou e me tornei mais produtiva mas teve os efeitos colaterais como estômago ruim e entre outros.

E na época o neurologista me receitou também um remédio que foi muito bom pra dor de cabeça e ele pediu pra eu tomar a ritalina LA somente  nos dias de semana mas para mim a diferença medicada  e pra não medicada era muito grande e me fazia mal deixar de toma-la somente no sábado e domingo ou eu parava de tomar de vez ou tomava a semana toda.

Depois mudei pra uma neurologista que me deu Conserta  me deixou mais acordada teve menos efeito colateral que a Ritalina LA  mas não houve melhora significativa na atenção como teve com a Ritalina LA  depois a medica  me passou o Venvanse pois de todos ele era o mais caro mas com ele não tive efeito colateral nenhum mas também não percebi melhora na atenção também e da ultima vez que fui na neuro ela me receitou a Ritalina LA 20 mg para fazer uma nova tentativa

Mas por ser um remédio muito caro que varia muito o valor de uma farmácia para outra ainda to pesquisando a mais barata pois os valores que achei foi de R$200,00 até 150,00ainda estou pesquisando pra ver se consigo um melhor preço

Mas medicada percebi que tive menos pensamentos aleatórios como quando tenho sem a medicação pois reduzio significativamente minha impulsividade que era de mais  mas minha mãe percebeu maiores diferenças relacionado a comportamento do que eu e então costumo tomar remédios e paro de toma-los quando estou de ferias pois gosto da minha mente livre nas ferias

10 de fevereiro de 2016 às 10:22

Eu não sou imperativo, mas tenho déficit de atenção, comecei a tomar Ritalina 10mg passei para o Conserta e agora tomo o Venvanse; estou intercalando entre o de 30mg e o de 50mg, ainda não sei qual é melhor pois quando tomo o Venvanse tenho insonia e os batimentos cardíacos aceleram e em alguns dias fico esgotado ao fim do dia e por eu ser ansioso ele aumenta a ansiedade, alguém teve sintomas parecidos? (Com acompanhamento médico)

10 de fevereiro de 2016 às 13:13

O que menos tenho é sono durante o dia desde que comecei a tomar a Ritalina LA! O único efeito colateral foi eu ter emagrecido um pouco, de resto não vi nenhum efeito colateral!

11 de fevereiro de 2016 às 14:28

Anna Brasil, também trato com Venvanse. Perdi um pouco de peso e tenho boca seca, mas nada exagerado. O neuro disse que com o tempo as coisas voltam ao normal.

Eu me preocupo com os efeitos da medicação, mas da maneira que a vida estava, não tem condições. Estava absolutamente sem rumo e frustrado!
Agradeço todos os dias à ciência por ter descoberto tratamentos pros córtex pré-frontal disfuncionais. hehehe

13 de fevereiro de 2016 às 15:23

Olá pessoal,

Fui diagnosticado em 2012, não tive apoio de ninguém para me tratar, tenho quase certeza de que minha mãe também tem (pois ela não termina nem copos de suco) e acabei largando. Agora em 2016 eu atentei a me tratar, tenho consulta agora no dia 24/02, com fé em Deus o médico será bom e me ajudará.

Quando receitam uma medicação de curta duração, vcs tomam várias ao dia? Tenho faculdade de manhã, estágio a tarde e faculdade a noite também então teria que tomar 3 ritalinas?

17 de fevereiro de 2016 às 15:41

Acredito que em alguns casos são essenciais, mais juntamente com terapia multidisciplinar, nao resolve somente tomar a medicação.

Quantos aos efeitos , no inicio pode haver alguns , meu filho chegou tomar um em que teve muitas reações como dores de cabeça, irritabilidade, insonia, falta de apetite

Mudamos a medicacão e nao apesentou nenhum efeito colateral.

<

17 de fevereiro de 2016 às 15:44

O Venvanse apresentou muito mais efeitos colaterais no meu filho, do que Concerta 18mg

23 de fevereiro de 2016 às 10:14

Meu filho toma ritalina desde os 7 anos, agora está com 11. Recentemente mudamos da ritalina comum para a LA, também de 10mg,  pois o efeito não estava durando até o término do dia letivo.  Mas ele está muito desatento, não está fazendo as tarefas de classe. Estou pensando em sugerir à médica para aumentar para 20mg, mas tenho medo dos efeitos colaterais. Será que na idade dele pode usar 20mg?

Teve uma época que ele apresentou vários tics que iam e vinham mas por fim foram desaparecendo. Durante o primeiro ano de uso da ritalina ele passou a ficar muito ansioso e desenvolveu tricotilomania que o persegue até hoje, mas não sei dizer se é efeito colateral e ele também tem insônia e falta de apetite.

8 de março de 2016 às 15:54

Pessoal, o medico trocou minha ritalina 20mg por o venvanse 30mg, mas to muito mal, ja faz 1 semana, o enjoo não passa, e o pior minha pressão ta altíssima, fico o dia todo deitada, sem vontade de nada. Alguém passou por isso?

Só vou no médico daqui a 2 dias, to pensando até em parar, ja perdi dias de estudo depois que comecei o venvanse. Caríssimo, pra nada. 🙁

25 de abril de 2016 às 10:08

Não gosto de nenhum tipo de medicamento, se sentir uma dor de cabeça evito ao máximo, Mas sou de confiar nos médicos que me atendem e acompanham minha filha desde pequenina, não gosto de trocar de profissionais e ainda gosto de debater. Então se o neuro que acompanha minha filha achar que é necessário medica-la, então vou conversar com ele, tentar entender e fazer o tratamento.

Acho que o relacionamento médico paciente deve ser de cumplicidade e confiança. Se não confias no profissional, busque outro.

7 de outubro de 2016 às 8:31

Olá.

  1. Uso ritalina 40 L.a e as vzzs mais uma de 20 L.a, na maioria das vezes é de boa ajuda.

23 de janeiro de 2017 às 11:54

Olá! Alguém faz uso de algum suplemento? Tipo ômega 3..